SAMS

O Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS) teve conhecimento que o Hospital SAMS tem 5 dos seus médicos infetados por COVID-19, sendo que 2 deles estão internados no Hospital Curry Cabral.

Os profissionais médicos que estiveram em contacto com aqueles infetados mantêm-se a trabalhar, apesar do teste para o COVID-19 ter sido negativo.

O SMZS relembra que os profissionais de saúde são aqueles que estão mais expostos e um dos principais veículos de transmissão do coronavírus se não estiverem adequadamente protegidos.

Apelamos assim ao Ministério da Saúde para que imponha a todas as unidades de saúde, públicas ou privadas, a proteção dos médicos e dos restantes profissionais de saúde, sendo certo que essa proteção é vital para tratar os doentes.

O Hospital dos SAMS não pode ter impunemente esta conduta de não cumprimento rigoroso de adequada proteção dos médicos que estão ao seu serviço.

Documentos:

© 2018 Sindicato dos Médicos da Zona Sul