Frente Comum

A Federação Nacional dos Médicos (FNAM) solidariza-se com o Plenário convocado pela Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública (FCSAP), frente ao Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública, no dia 9 de outubro, pelas 14h00.

Cartaz da manifestação em defesa da urgência de pediatria do Hospital de Évora

O Sindicato dos Médicos da Zona Sul (SMZS) solidariza-se com a iniciativa promovida pelo Movimento de Utentes de Saúde Pública (MUSP), em defesa da manutenção do funcionamento da Urgência de Pediatria do Hospital do Espírito Santo de Évora, que terá lugar no dia 10 de outubro, pelas 10h30, em frente ao Hospital de Évora.

A mobilização dos utentes e dos profissionais de saúde é essencial na mensagem que urge fazer chegar à Ministra da Saúde e ao Governo de que é imperativo reforçar as equipas médicas para que o Hospital de Évora continue a prestar cuidados médicos pediátricos especializados às crianças, sobretudo numa região de difícil acesso aos serviços de saúde.

Engrenagem

Os médicos dos Cuidados Primários de Saúde tiveram um papel essencial na contenção da epidemia em Portugal, diagnosticando e vigiando em proximidade a grande maioria dos doentes infectados ou suspeitos de COVID-19.

Graças a um enorme esforço e dedicação dos médicos, juntamente com outros profissionais, foi possível, ainda assim, manter as consultas de saúde infantil, de saúde materna, de situações agudas, assegurar a medicação crónica, exames e realizar domicílios inadiáveis.

Mas num contexto de listas de utentes sobredimensionadas, carências de recursos humanos, físicos, tecnológicos e financeiros, acrescida da eclosão epidémica da COVID-19, situações de atraso e ruptura são inevitáveis.

© 2018 Sindicato dos Médicos da Zona Sul