Facebook

Arquivo Jurídico

sindicalizese

Minuta de responsabilidade civil

Médicos Hospitalares
Médicos de Família
Reclamação do pagamento aos médicos especialistas que exercem funções da categoria de assistente
Informação
Formulário Inrtutório

Descanso Compensatório. Trabalho Noturno. Trabalho ao Domingo, em Dia de Descanso Semanal e em Dia Feriado

Minuta para
descanso
compensatório

Minutas de requerimento das progressões remuneratórias obrigatórias

Medicina Geral 
e Familiar
Carreira 
Hospitalar
Parecer/FNAM 
n.º 1/2018

Ler mais...

Minutas para pedir a atribuição de incentivos
Médicos com CIT
Médicos com CTFP
Minutas para solicitar a regularização do pagamento do trabalho noturno
Médicos com CIT
Médicos com CTFP

A equipa de pediatria do Hospital Espírito Santo de Évora, E.P.E. expôs publicamente, esta semana, a situação de rotura do Serviço de Urgência Pediátrica, numa carta dirigida ao Presidente do Conselho de Administração do Hospital e enviada também à FNAM.

«Termos actualmente uma equipa exausta, envelhecida, insuficiente para assegurar as necessidades do Serviço, que trabalha para além dos limites legais e humanamente razoáveis. A escala de Urgência de Pediatria está actualmente em rotura», denunciam os pediatras no documento.

A situação é de tal forma grave que os médicos alertam para a impossibilidade de assegurar a totalidade dos dias de urgência e, já em março, haverá períodos de 12h sem pediatra escalado no Serviço de Urgência.

FNAM está solidária com a luta dos médicos do serviço de Pediatria de Évora, exigindo ao Ministério da Saúde a rápida resposta na melhoria das condições de trabalho desses médicos, assim como rápida abertura de concurso para recrutamento de mais médicos pediatras para esse serviço.